Nova pagina 1


Você Está Aqui
Banner

Celebração religiosa reúne devotos de Santa Bárbara e Iansã em Camaçari

  • PDF
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

santacatcand

Pela primeira vez em Camaçari católicos e representantes de religião de matriz africana se reuniram para celebrar Santa Bárbara que, no sincretismo religioso, é chamada de Iansã, deusa dos raios, ventos e tempestades.

A celebração à santa católica aconteceu na Igreja de Nossa Senhora da Glória no Parque das Mangabas, onde foi celebrada uma missa em homenagem à Santa Bárbara que é celebrada no mundo inteiro todo o dia 4 de dezembro.

Diante do altar todo decorado em vermelho e branco, cores da santa, fiéis católicos e candomblecistas rezaram e cantaram louvando a santa que foi morta pelo próprio pai por se converter ao catolicismo.

“Santa Barbara é um exemplo para todos nós, eu sou do axé e sou filha dela a quem agradeço por me ajudar na cura de um câncer no útero. Salve minha mãe Santa Bárbara”, comemora Ivonete Mota, moradora do Ficam.

padrecentro

Após a Celebração Eucarística que durou cerca de uma hora, os devotos saíram em procissão por algumas ruas do Parque das Mangabas. Rezando e cantando, homens e mulheres se revezavam para carregar o andor da santa que estava todo decorado com flores vermelhas e brancas.

A ideia dessa celebração partiu do Padre Valmir Miranda, responsável pela Paróquia Ascensão do Senhor. Perguntado sobre o que o motivou a fazer essa celebração no bairro Parque das Mangabas, ele respondeu:

“Estamos dando passos no diálogo entre as religiões e buscamos recordar a memória de Santa Barbara como mártir da fé cristã. A escolha do bairro do Parque das Mangabas é porque existem diversas comunidades da religião de matriz africana. Na pós-graduação em Missiologia, que cursei em Belo Horizonte, trabalhei a temática da religião de matriz no bairro do Parque das Mangabas. Minha intenção na pesquisa missionária era apresentar a realidade social e religiosa que vive o povo de santo e como encontrar nessa religião os sinais do Reino de Deus”.

procissaostbarmang

Por onde a procissão passava o padre reforçava o pedido de paz entre católicos e outras religiões, lembrando que era preciso que todos se posicionassem contra a intolerância religiosa. Na frente de cada terreiro encontrado durante o percurso, cânticos e orações eram exaltados e o pai ou mãe de santo convidado à se juntar àquela caminhada de fé.

“Só padre Valmir mesmo para fazer isso, nunca vimos uma celebração dessa aqui em Camaçari. É muito bonito de ser ver, é preciso tirar o ódio do coração e aceitar o outro como ele é”, revela dona Maria Souza.

A parada final foi na igreja do bairro, onde o padre finalizou a celebração e  pediu mais unidade entre as lideranças religiosas do Parque das Mangas e participação ativa dos católicos para que a celebração do ano que vem seja melhor ainda.

Sobre Santa Bárbara

Santa Bárbara nasceu na cidade de Nicomédia na região da Bitínia, onde hoje se localiza a cidade de Izmit, na Turquia. Filha única de Dióscoro, um rico e nobre que queria que a filha tivesse um casamento honroso. Mas por volta dos 17 anos de idade, Bárbara recusou todos os pretendentes que seu pai lhe apresentava. Ela não aceitava nenhum, enxergando neles a superficialidade e o interesse, e nenhum toque de amor verdadeiro.

Para seu pai, isso era um problema sério, pois, segundo os costumes, ele tinha obrigação de casar sua filha. 

O contato com os cristãos 

Santa Bárbara acabou conhecendo os cristãos de Nicomédia. Estes passaram para Bárbara a mensagem de Jesus Cristo. Falaram-lhe também sobre o mistério da Santíssima Trindade. A novidade cristã tocou profundamente o coração de Bárbara. 

Bárbara se converteu ao cristianismo de todo o coração. Logo, um padre vindo de Alexandria ministrou a ela o batismo. E Bárbara passou a ser uma jovem fervorosa e cheia de virtudes cristãs. Em Jesus Cristo ela encontrou o sentido mais profundo de sua vida.

Santa Bárbara e as perseguições 

Dióscoro ficou furioso com a decisão da filha e num impulso de ira, a denunciou ao prefeito da cidade. Este ordenou que Bárbara fosse torturada em praça pública. Santa Bárbara teve os seios cortados. Depois, foi conduzida para fora da cidade. Lá, seu próprio pai a degolou. Mas, quando Dióscoro degolou a filha e a cabeça de Santa Bárbara rolou pelo chão, um raio riscou o céu e um enorme trovão foi ouvido pelo povo. E, para o assombro de todos, o corpo de Dióscoro caiu no chão sem vida, atingido pelo raio. Parece que a natureza se revoltou contra a atitude desse pai infanticida.

Depois deste fato, Santa Bárbara ganhou o status de "protetora contra relâmpagos e tempestades", além de ser nomeada Padroeira dos artilheiros, dos mineradores e das pessoas que trabalham com fogo. 

Devoção à Santa Bárbara

A festa de Santa Bárbara é celebrada na Igreja Católica e na Igreja Ortodoxa. A festa é celebrada no dia 4 de Dezembro de cada ano. A grande mensagem de Santa Bárbara destina-se a todos aqueles que buscam a verdade, principalmente os jovens. Ela nos ensina a buscar a verdade com coração sincero e aberto. Ensina também que o casamento não deve acontecer por mero interesse, mas sim por amor. Por fim, Santa Bárbara nos dá uma mensagem de coragem e fé. 

Ação Noticias

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Compartilhar