Nova pagina 1


Você Está Aqui

Vida e Estilo

Decepcionado com carreira, ator de malhação decide trabalhar de caixa de restaurante em NY

  • PDF

atormalhacaorestny

Conhecido por ter interpretado o Cabeção de “Malhação”, há mais de 10 anos, Sérgio Hondjakoff resolveu fazer as malas e sair do Brasil para tentar a vida nos Estados Unidos. “Ele decidiu dar um tempo de internet, de tudo, do Brasil. Estava muito decepcionado com a carreira, com o país”, contou a mãe do ator, Carmem Hondjakoff, ao jornal Extra. “Ele está em Nova York trabalhando como caixa no restaurante de um amigo e de vez em quando faz uns extras que aparecem”, acrescentou.

Ela contou que o exílio voluntário do “Cabeção” aconteceu em março deste ano, após ter feito dois curtas-metragens e ficar sem trabalho e sem namorada. “Ele foi em março, logo depois do carnaval. Terminou um namoro e decidiu morar fora”, lembrou Carmem, contando ainda que o filho não pretende ficar para sempre nos Estados Unidos. “Ele foi também para aprender o inglês. Apesar de ser americano, não é fluente no idioma. O Sergio não tem uma data para voltar, mas se pintar algum trabalho aqui na área artística ou qualquer outra coisa, dependendo da proposta, ele volta”, diz ela, dando a deixa para as emissoras de TV e produtoras. 

Além de deixar o país, Sérgio Hondjakoff está sumido também das redes sociais, que não alimenta desde março. “Falo com ele uma vez por mês, quando ele aparece na casa da madrinha e me liga. Eles moram perto e assim fico sabendo como ele está. Nem WhatsApp ele tem”, conta a mãe, conformada. “Ele está melhor lá do que aqui. O Rio de Janeiro anda muito perigoso”, conclui.

Fonte: BN

ALERTA: Mulheres com hepatite c devem evitar anticoncepcional

  • PDF

mulheresevianticoncp7

As mulheres que estão em tratamento de hepatite C precisam tomar um cuidado a mais, segundo alerta emitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta quinta-feira (17). 

O órgão avisa que mulheres devem evitar anticoncepcionais orais contendo etinilestradiol – hormônio semissintético – durante o uso da medicação Viekira Pak no tratamento de hepatite C. 

A interação entre as duas substâncias coloca a vida do usuário em risco, diz a Anvisa. Orienta-se que as pacientes busquem um médico para fazer a transição ou interrupção do anticoncepcional em caso de sentirem cansaço, fraqueza, falta de apetite, náusea, vômito e fezes descoloridas. 

Durante o tratamento, as pacientes podem usar remédio contraceptivo que contenha outro tipo de hormônio ou substituir por métodos de contracepção não hormonais.

Fonte: Bahia.Ba

Governo amplia público-alvo de vacinas de HPV para adultos até 26 anos

  • PDF

vacinahpvMunicípios que tenham vacina de HPV em estoque com prazo de validade até setembro poderão, a partir desta sexta-feira, 18, aplicá-la em homens e mulheres com até 26 anos. Terminado o estoque que está prestes a vencer, as vacinas deverão voltar a ser administradas apenas para o público-alvo, de 9 a 15 anos.

As orientações são do Ministério da Saúde e foram aprovadas ontem (17), em Brasília, durante a reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), composta por representantes do governo federal, estados e municípios. A medida é de caráter temporário e tem, segundo a pasta, o objetivo de evitar um possível desperdício de doses que permaneçam nos estoques dos municípios.

Para a faixa etária de 15 a 26 anos, a orientação do Ministério da Saúde é o esquema vacinal com três doses, com intervalo de dois e seis meses. As pessoas que tomarem a primeira dose neste período, excepcionalmente, terão as duas doses subsequentes garantidas no Sistema Único de Saúde (SUS).

O Ministério da Saúde repassa mensalmente as vacinas aos estados, conforme solicitação local. Os estados, por sua vez, são responsáveis por distribuir as doses aos municípios para garantir a vacinação da população.

Cobertura vacinal

O ministério diz que, mesmo com as campanhas de divulgação na mídia sobre a importância da vacina HPV e a disponibilização de vários materiais educativos, as coberturas vacinais continuam abaixo da meta preconizada de 80%.

Na faixa etária de 9 a 15 anos, de 2014 até junho deste ano, foram imunizadas, com a primeira dose, 10,7 milhões de meninas, o que corresponde a 74,7% do total de brasileiras nesta faixa etária. Receberam o esquema vacinal completo, de duas doses, recomendado pelo Ministério da Saúde, 7,1 milhões de meninas, o que corresponde a 47% do público-alvo.

Já em relação aos meninos, de janeiro a junho deste ano, 853.920 mil adolescentes de 12 a 13 anos se vacinaram com a primeira dose da vacina de HPV, o que corresponde a 23,6% dos 3,61 milhões de meninos nessa faixa etária que devem se imunizar.

Vacinação

A vacina de HPV foi incluída no Calendário Nacional de Imunização, do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, em 2014. A vacinação é voltada para meninos com idades entre 11 a 13 anos e meninas de 9 a 14 anos. Ela deve ser mantida com duas doses, sendo aplicada com intervalo de seis meses entre elas.

Segundo o ministério, a vacina HPV Quadrivalente é segura, eficaz e é a principal forma de prevenção contra o aparecimento do câncer do colo de útero, a quarta maior causa de morte entre as mulheres no Brasil. Nos homens protege contra os cânceres de pênis, orofaringe e ânus. Além disso, previne mais de 98% das verrugas genitais, doença estigmatizante e de difícil tratamento.

Homens e mulheres de 9 a 26 anos, vivendo com HIV/Aids, transplantados de órgãos sólidos, de medula óssea e pacientes oncológicos de 9 a 26 anos também fazem parte do público-alvo da vacina. Os serviços que atendem essa população devem ofertar a vacina HPV na rotina de trabalho.

Com informações da Agência Brasil

Ator Paulo Silvino morre aos 78 anos no Rio de Janeiro

  • PDF

paulosilvinoMorreu, na manhã desta quinta-feira, 17, aos 78 anos, o ator Paulo Silvino. O humorista lutava contra um câncer no estômago. Paulo Silvino estreou na TV Globo em 1966, apresentando o Canal 0, programa humorístico que satirizava a programação das emissoras de TV.

O artista cresceu nas coxias do teatro e nos bastidores da rádio. Isso porque seu pai, o comediante Silvério Silvino Neto, conhecido por realizar paródias de figuras públicas no Brasil dos anos 1940 e 1950, levava o menino para acompanhar seu trabalho. Paulo Silvino também mostrava talento para a música, revelado durante as aulas que tinha com a mãe, a pianista e professora Noêmia Campos Silvino.

Segundo a Central Globo de Comunicação, o humorista morreu em casa, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, no início da manhã. Em redes sociais, o filho mais novo do ator, João Paulo Silvino, lamentou a morte do pai. “Que Deus te receba de braços abertos meu pai amado”.

OMS defende proibição de cigarros com sabor no Brasil

  • PDF

cigarrosA Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta quinta-feira, 17, uma nota defendendo a proibição do uso de aditivos em produtos derivados do tabaco. A iniciativa acontece por conta da expectativa de o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar hoje a Ação Direta de Inconstitucionalidade movida pela Confederação Nacional de Indústria (CNI) sobre o assunto, depois de vários anos de espera.

Em 2012, uma resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a adição de substâncias que mascarem o sabor e aroma do cigarro, sob a justificativa de que a prática poderia incentivar a iniciação de jovens no tabagismo. A proibição, no entanto, nunca chegou a ser posta em prática. Em 2013 a ministra do STF Rosa Weber concedeu uma liminar suspendendo os efeitos da resolução, pouco antes da norma entrar em vigor.

A CNI aponta, na ação, uma série de problemas na decisão da Anvisa, entre eles, o argumento, considerado genérico pela confederação, de que a venda de produtos com aditivos poderia provocar risco iminente à saúde.

Na nota, a Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial de Saúde (OPAS/OMS) avalia que a permissão dos aditivos em cigarros seria um retrocesso nas ações para o controle do tabagismo no País. “O Brasil foi o primeiro país no mundo a proibir, em 2012, o uso desses aditivos. Nos anos seguintes, pelo menos 33 outros países baniram produtos de tabaco com flavorizantes. Retroceder nessa medida pode atrapalhar a bem-sucedida trajetória brasileira na redução do número de pessoas que fumam”, diz o documento.

Lote de anti-inflamatório nimesulida é suspenso pela Anvisa

  • PDF

nimesulidasusp17

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou um lote do medicamento nimesulida da empresa Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica. A suspensão foi publicada na segunda-feira (14) no Diário Oficial da União (DOU) e atinge o lote B16k 1609 da Nimesulida (nimesulida), suspensão oral, 50mg/ml. 

O remédio é um anti-inflamatório não-esteroidal usado para tratamento de dor aguda. De acordo com a agência, o medicamento foi proibido após ser reprovado em dois testes de qualidade: teor de princípio ativo e teste de gotejamento, na avaliação do Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo. 

No primeiro teste avaliam se a quantidade de medicamento, sua concentração, está correta. Caso o teor de princípio ativo for maior ou menor que o indicado na embalagem, o tratamento do paciente pode acabar sendo prejudicado. Já no teste realizado pelo Instituto Adolfo Lutz, eles analisaram a quantidade de gotas que devem ser utilizadas para atingir a dose que o médico recomendou. Quando isto não está correto o paciente pode acabar tomando um pouco mais ou um pouco menos que a quantidade recomendada, o que também pode afetar a qualidade do tratamento. 

A interdição cautelar é preventiva e tem validade de 90 dias para que seja feita uma contraprova para confirmar ou descartar o resultado. Durante esse período, o lote em questão não deve ser comercializado ou utilizado. No entanto, a Anvisa afirma que os outros lotes da nimesulida deste laboratório ou de outros fabricantes estão liberados.

Fonte: CN

Ator da Globo pesca peixe em extinção e recebe multa do Ibama

  • PDF

atorpegapeiextimuta7

Não é história de pescador, é verdade. O ator da Globo, Henri Castelli, terá que pagar uma multa de R$ 5 mil ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama). Na última sexta-feira (11), ele publicou uma foto em que aparece na praia, em uma motocicleta e com um peixe na garupa, exibindo com orgulho a pescaria. "Pra depois ninguém falar que é papo fiado. Taí a prova do dia!", dizia a legenda, que foi apagada em seguida. 

Isso porque, o "troféu" exibido pelo ator trata-se de um peixe ameaçada de extinção, que tem pesca proibida pelo Ministério do Meio Ambiente até 2023, a espécie mero. Na publicação, alguns seguidores identificaram o peixe como o mero, que tem pesca proibida desde 2002, e ironizaram o ator. "Matou um animal em extinção!! Parabéns!", comentou uma seguidora.  

Apesar de ter deletado a imagem das suas redes sociais, uma página no Facebook compartilhou a publicação novamente e comemorou a multa aplicada ao ator. 

Fonte: O Dia

SUS vai fazer exame 'pré-nupcial', diz ministro

  • PDF

exameprenupcialsus7

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou nesta segunda-feira, 14, que o Sistema Único de Saúde (SUS) vai oferecer um exame “pré-nupcial” aos casais que quiserem saber se há maior risco de gerarem um bebê com alguma doença genética. O teste analisaria ainda outras condições de saúde dos futuros pais, como a presença de problemas crônicos.  

“Uma das nossas diretrizes novas será o exame pré-nupcial, que vai garantir o exame de compatibilidade genética para noivos, para que eles saibam da possibilidade de terem filhos com doenças raras, que causam muita dificuldade para a família no tratamento e muito custo para o governo”, disse ele, em entrevista após apresentação no Summit Saúde Brasil, evento promovido nesta segunda pelo Estado de S. Paulo. 

Barros disse que não há previsão de quando o exame estará disponível. Também não detalhou se ele será oferecido a todos os casais ou a um público específico. “Nós estamos desenvolvendo esse programa e lançaremos oportunamente. O exame permitirá um diagnóstico de outros fatores, como doenças não transmissíveis, crônicas, muitas das que chamamos invisíveis, como hepatite e HIV, para que a gente possa permitir que esse futuro casal planeje bem a sua vida, com base em um diagnóstico preciso da situação de saúde que ele se encontra.”

Fonte: Estadão

Nasce Nina, 1ª filha da atriz Carol Castro

  • PDF

carolcastro   

A atriz Carol Castro deu à luz a Nina, sua primeira filha, fruto do seu relacionamento com o maestro e violinista Felipe Prazeres. A menina nasceu no sábado (12), segundo a assessoria de imprensa da atriz.

Nesta segunda-feira, 14, a artista  fez um post em suas redes sociais, uma foto do parto humanizado. Nina nasceu com 3 quilos e 49,5 centímetros, na clínica Perinatal de Laranjeiras, Zona Sul do Rio. Carol Castro recebeu alta logo na tarde deste domingo.

"Feliz e realizada por ter conseguido passar por esse renascimento com toda a luz e força, que nós, mulheres, possuímos. Gratidão máxima por essa oportunidade e por ter ao meu lado, um parceiro que me acompanhou durante todo o trabalho de parto...segurando minha mão, respirando e pulsando comigo", disse Carol.