Acusado de matar delegado na Bahia é preso com celulares em nome de Temer e Zé Ronaldo

Policia

matadordelegadob

Um homem foi preso pela Polícia Civil de Minas Gerais na última quarta-feira (2) acusado de matar o delegado que atuava na Bahia em Barra da Estiva e Ibicoara, Marco Torres.

No entanto, um detalhe em Guilherme Silva Fraga, de 27 anos, chamou a atenção da polícia. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, foram apreendidos em poder do acusado dois celulares que estavam cadastrados no nome do presidente Michel Temer.

Guilherme tinha uma agenda com CPF e nome completo de Temer. Outro aparelho celular estava no nome de Zé Ronaldo (DEM), ex-prefeito de Feira de Santana e pré-candidato ao governo da Bahia.

 

Fonte: Bocão News

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar