Guto Ferreira se posiciona contra grama sintética na Arena

Esporte

 

fonte

Apesar de o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, afirmar que será implantada grama sintética na Arena Fonte Nova a partir de 2019, o técnico Guto Ferreira não apoia a ideia. O treinador se mostrou contrário ao desejo do dirigente.

"Acho que a questão de melhorar (a grama) é o carinho do dia a dia, os eventos, como são administrados. A grama sintética muda totalmente o jogo. Já existe grama de última geração, onde a qualidade do jogo não muda tanto, mas temos que nos adaptar a ele. O Bahia teria que ter um piso semelhante no centro de treinamento para treinar e se adaptar. Ou mesmo treinar aqui. Mas repetir mais vezes essa situação. O Bahia teria, a cada saída, que enfrentar uma situação oposta. É muito relativo", disse.

O treinador admitiu que o gramado artificial tem suas qualidades, mas destacou sua preferência pelo natural. "Se for um gramado do nível da Arena da Baixada, não vou dizer que é ruim. Mas, não sei até onde é bom. Eu prefiro gramado natural. Prefiro esse gramado em ótimas condições".

Apesar da afirmação do mandatário Tricolor, a administradora da Arena Fonte Nova não garantiu a implantação da grama sintética e revelou que a mudança ainda está em estudos.