Madre de Deus: Prefeito é afastado do cargo por acusação de desvios

Politica

aprs

O prefeito de Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Jeferson Andrade (DEM), foi afastado do cargo por decisão judicial nesta quinta-feira (12). Quem assume o cargo é o vice-prefeito, Jailton Polícia (PRB). A sentença é do juiz de direito Glauco Dainese de Campos e acata denúncia de desvio de dinheiro feita pelo Ministério Público do Estado (MP-BA). Em janeiro deste ano, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) negou um pedido do prefeito de Madre de Deus, Jefferson Andrade (DEM), para suspender uma investigação do MP-BA contra ele.

Além de Andrade, ficam afastados o vereador Anselmo Duarte Ambrozi e os servidores Adailton Cosme dos Santos, Tânia Maria Pitangueiras de Jesus e Jibson Coutinho de Jesus. Conformo o MP, o grupo, liderado por Jeferson Andrade, teria combinado um esquema de enriquecimento ilícito na Câmara Municipal de Vereadores da cidade entre 2010 e 2012. No ano passado, o Grupo de Atuação Especial de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa (Gepam) denunciou o esquema. O MP relatou que o objetivo dos envolvidos no acordo era eleger Jeferson presidente da Câmara, o que acabou acontecendo.

 

Fonte: BN