Promotor diz que prisão de Juliana Paes é mais necessária que a de Oziel em Camaçari

Camaçari
Ferramentas

juoziel

A julgar pela descrição feita pelo promotor do Ministério Público Estadual (MP-BA), Eduardo Yunes, responsável pela área de crimes de improbidade administrativa em Camaçari, o nível da denúncia que pesa sobre a secretária municipal Juliana Paes, gestora da Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Camaçari (Sedur), supera, em gravidade, o teor das acusações feitas contra o presidente da Câmara Municipal de Camaçari, Oziel, e mais 16 vereadores.

Para ambos, foram solicitados afastamento do cargo e prisão preventiva. No entanto, o promotor defendeu com mais veemência a privação de liberdade da secretária Juliana. “Me parece ser muito mais devida a prisão de Juliana Paz”, declarou. “A Sedur precisa ser limpa, lavada dessa quadrilha. Tenho seis pessoas na Prefeitura de Camaçari que me contam o que acontece lá e eu preciso garantir que a caneta não permaneça na mão dela”, acrescentou.

 

Fonte: Bahia no Ar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar