Justiça ordena homem a se desculpar por 'gemidão do WhatsApp'

Dias D'Ávila
Ferramentas

justicagemidao

Um homem foi obrigado a pedir desculpas à prefeita da cidade de Pio IX, no Piauí, por divulgar um vídeo dela com o som do "gemidão do WhatsApp". Rogério Antão foi processado e teve que gravar um vídeo pedindo desculpas. "Quero aqui me retratar da postagem ofensiva que fiz a prefeita, pedindo as minhas mais sinceras desculpas e me comprometendo a respeitá-la", disse.

Segundo o G1, Antão compartilhou o vídeo em um grupo do WhatsApp que parecia ser uma entrevista, mas ao abrir, o gemidão começava a tocar. O juiz José Eduardo Couto de Oliveira decidiu que o vídeo do pedido de desculpas deverá ser divulgado no mesmo grupo que recebeu o gemidão.

O áudio que já causou problemas jurídicos antes, demitiu um entregador de farmácia em Natal (RN) por justa causa e interrompeu um depoimento em processo contra Sérgio Cabral.

 

Fonte: Bahia Noticias