Festival Ballace 2018 emociona público na abertura e vai até domingo em Camaçari

Cultura e Artes

ballace18sucesso

Com os olhos fixos, quase em estado de transe, o público que lotou o Teatro Cidade do Saber na noite desta quinta-feira (31/5), vibrou e se emocionou com os belíssimos espetáculos de dança que marcaram a abertura da 13ª edição do Festival Nacional de Dança – Ballace, entre eles o LubDub, do Balé Teatro Castro Alves (BTCA), considerado um dos 10 melhores de 2017, segundo a revista Bravo!. A noite se encerra em grande estilo com uma festa a fantasia que promete marcar o primeiro dia de atividades.

Durante os quatro dias do evento, um dos maiores do Brasil no segmento, Camaçari se torna a capital nacional da dança. A cidade vai respirar e transpirar pura arte e reunir estudantes, amantes e profissionais da área, que se dividirão entre ensaios, cursos, oficinas e concursos, onde cada um dará o seu melhor e buscará aperfeiçoar suas habilidades.

A cerimônia de abertura foi acompanhada com muita atenção pelos alunos das turmas de dança da Cidade do Saber. Para Ludmila Maturino, Moradora da Gleba “C” e aluna de balé há 11 anos, essa foi uma oportunidade ímpar de trabalhar no evento de forma voluntária. “Esse é um momento de muito aprendizado”, disse ela fazendo referência não só a sua atuação como colaboradora, mas como aluna de três oficinas. “Hoje fiz a de jazz e amanhã farei a de clássico e de danças urbanas”, finalizou explicando que tudo isso agrega valor ao seu currículo enquanto bailarina.

A professora de Balé, Luana Laires, comemorou o fato de, pela primeira vez, alguns alunos de dança da Cidade do Saber terem a chance de participar, sem custo, das oficinas. “Isso é de grande relevância, pois eles passam a explorar mais os limites do próprio corpo através de outros movimentos, todos transmitidos por profissionais de grande experiência”, declarou ao acrescentar, “de fato o Ballace vai deixar grandes contribuições para pessoas que são de Camaçari”, disse reforçando a importância dos alunos da instituição nas oficinas.

ballace18

A secretária da Cultura, Márcia Tude, ressaltou o valor do Ballace, que já possui uma relação afetiva com Camaçari e acontece pela 11ª vez na cidade. “Somos apaixonados por arte e cultura e contribuir para o seu fortalecimento desses segmentos é uma honra pra nós e uma missão que agrada cumprir, especialmente por termos tantos jovens habilidosos que merecem ser notados e reconhecidos pelo mundo todo”, pontuou.

O Ballace é uma oportunidade para formação de plateia na cidade, de oferecer um ambiente de intercambio de conhecimentos e habilidades, além de movimentar a economia e o turismo cultural, aumentando a ocupação de hotéis e pousadas, a busca pelo comércio e serviços da cidade durante os quatro dias de programação intensa.

Mais uma vez o evento vai dispor de uma ampla estrutura para apresentações de palco, oficinas, cursos e palestras, no palco principal, foyer e auditórios do Teatro Cidade do Saber. A iniciativa proporciona muitos encontros, trocas de experiências, incremento à formação, além de revelar, a cada ano, novos talentos.

Iniciado em 2006, o Ballace busca promover e divulgar a dança na Bahia, e reúne muitos dos mais expressivos e reconhecidos nomes dessa linguagem artística que encanta e seduz as mais diversas plateias em todo o mundo. Durante o Festival, professores das maiores companhias e escolas do Brasil, além de ministrarem aulas, integram a banca de jurados.

Além da entrega de troféus e prêmios em dinheiro para os primeiros colocados, possíveis talentos revelados neste ano ganharão vagas para o Summer Course internacionais e nacionais (Miami City Ballet), para o 8X Jazz e 4X Ballet no Rio de Janeiro. Serão disponibilizadas, ainda, vagas para a seletiva do Prix de Lausanne, que acontecerá 29 e 30 de setembro, em Goiânia, além de vagas para o European Grand Prix em Viena, previsto para fevereiro de 2019, e o Grand Prix de Porto, em Portugal, agendado para março e abril de 2019.

O Ballace tem apoio da Prefeitura por meio das secretarias da Cultura (Secult) e do Desenvolvimento Econômico (Sedec), além do apoio cultural do Miami City Ballace School, Só Dança, Capezio, Revista Dança Brasil e a chancela do Conselho Brasileiro de Dança. 

PROGRAMAÇÃO
1/6 (sexta-feira)
Secretaria 7h30 – 16h
Ensaios de palco 7h30 – 12h
Cursos e Oficinas 9h – 12h
Outlet da Dança (Feira de Produtos) 9h – 20h
Concurso Variações e Clássicos de Repertório 14h
Concurso Estilo Livre 18h

2/6 (sábado)
Secretaria 7h30 – 16h
Ensaios de palco 7h30 – 12h
Cursos e Oficinas 7h30 – 12h
Outlet da Dança (Feira de Produtos) 9h – 20h
Concurso Jazz e Musical 14h
Concurso Clássico Livre 18h

3/6 (domingo)
Ensaios de palco 7h – 10h
Outlet da Dança (Feira de Produtos) 9h – 13h
Concurso e Premiações Especiais 11h
(Sapateado, Danças Populares e Urbanas)

 

Fonte: Ascom PMC