Secult convoca classificados no Fotografe Camaçari para comprovação documental

Cultura e Artes

aftsa

Com a divulgação, na sexta-feira (30/11), da lista classificatória final, teve início a fase de convocação para comprovação documental dos classificados para a 2ª Edição do Concurso Cultural Fotografe Camaçari. Os relacionados têm até sexta-feira (7/12) para se dirigir ao Núcleo de Orientação Cultural da Secretaria de Cultura (Secult), no prédio da Cidade do Saber, localizado à Rua do Telégrafo, s/n, Bairro Natal, e apresentar os documentos exigidos em edital.

Esta etapa compreende na verificação dos documentos dos candidatos com as três melhores pontuações em cada categoria, bem como os professores orientadores dos três melhores colocados na categoria Estudantil. A lista classificatória final pode ser conferida neste link publicado também na aba “Editais”, localizado no lado direto do Portal da Prefeitura de Camaçari.

Caso o candidato selecionado não apresente comprovação da documentação exigida dentro do prazo estipulado, o mesmo será considerado desclassificado, sendo convocado para comprovação o candidato imediatamente subsequente.

A divulgação do resultado final está prevista para ocorrer no dia 14/12. Para sanar possíveis dúvidas, interessados podem ainda se comunicar por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou através do telefone 3644-9824.

CONCURSO

Realizado pela Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), o concurso tem como objetivo fomentar e fortalecer as artes visuais no município, em especial a fotografia. A iniciativa faz parte do programa “Cultura Todo Dia – Camaçari nos Trilhos da Memória”. As imagens captadas pelos participantes farão parte do acervo da Coordenação de Patrimônio Cultural.

A novidade desta edição do Concurso Cultural Fotografe Camaçari é premiar também os professores, de qualquer área de conhecimento e especialidade, que atuarem diretamente na orientação dos alunos para participação no concurso podendo auxiliá-los nas buscas aos patrimônios e no processo de inscrição. O intuito é de estimular a educação patrimonial das escolas do município. Para tanto serão premiados os orientadores dos autores das três obras vencedoras na categoria Estudantil com o valor de R$ 1.200,00.

Para os primeiros, segundos e terceiros colocados em cada categoria, a premiação em dinheiro varia entre R$ 720,00 até R$ 4.117,00 dependendo da colocação.

 

Fonte: Ascom-PMC