Em adaptação, escritora baiana traz Chapeuzinho explorando Salvador

Cultura e Artes

A escritora baiana Palmira Heine decidiu inovar a história de Chapeuzinho Vermelho abordando no conto costumes brasileiros e também a cultura e culinária baiana. 

acheop

Em "Chapeuzinho no Pelô", Heine conta que a personagem principal, sua mãe e a vovozinha resolveram fazer uma viagem às terras brasileiras e a primeira parada foi em Salvador. Na capital da Bahia, Chapeuzinho consegue escapar do Dom Lobão (irmão do Lobo Mau), pois aprendeu a se comunicar com os brasileiros a partir de alguns personagens de Monteiro Lobato que conheceu em um curso.

A adaptação da escritora baiana mostra a história infantil de forma lúdica e entrelaçada com elementos da cultura baiana. No conto, a personagem passeia em diversos pontos turísticos de Salvador. 

As ilustrações de Chapeuzinho no Pelô são de Tiago Sansou, que consegue representar detalhes da cultura baiana a partir das cores vivas das imagens. 

 

 

Fonte: BN