Duas chapas disputam presidência do SISPEC em Camaçari

Educação

A corrida pela disputa da presidência do Sindicato dos professores e Professoras da Rede Pública Municipal de Camaçari (SISPEC) ganhou corpo em Camaçari. De um lado a Chapa 1, encabeçada pelas professoras Márcia Novais e Ana Bueno, do outro, a chapa 2 que tem no seu comando a professora Diana Cavalcante e Klenio Klirc.

chapas

Os mais críticos afirmam que a categoria pede uma renovação profunda na direção, e apesar de ambas chapas serem compostas por alguns dos atuais dirigentes do sindicato, a Chapa representada pela sindicalista Márcia Novais apresenta um maior corpo de renovação e propostas para a categoria.

O agrupamento que apresenta o nome da professora Diana como alternativa, tem no seu corpo figuras polêmicas, como a do atual presidente do sindicato o professor Jorge Freitas que comandou o sindicato por duas gestões e carrega consigo um desgaste forte, pela sua condução atribulada.

Segundo um professor da rede que prefere não se identificar, “a categoria precisa de um sindicato representativo, algo que não temos atualmente, infelizmente alguns dos nossos dirigentes se colocaram não como defensores da educação e dos professores, mas defensores do governo e omissos das ingerências da gestão municipal”.

Outra docente indagou que “a falta de diálogo da SEDUC com os professores, a defasagem salarial e a agenda pedagógica requer um sindicato forte, com uma gestão capaz de representar a categoria, é por esse motivo que a renovação se faz necessária”.

A eleição do SISPEC acontece nesta quarta (07) e quinta-feira (08) na sede dosindicato localizado na Travessa Dois de Maio, 511, centro, Camaçari e apenas os professores filiados ao sindicato podem votar.

A eleição para presidência do Sispec termina às 20h desta quinta-feira (08/11) e a expectativa é que o resultado seja divulgado até meia noite.

 

Fonte: Ascom Chapa 1