Livro reúne histórias de alunos atendidos na Clínica de Hemodiálise

Educação

Alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) que são atendidos na Clínica de Hemodiálise Senhor do Bonfim, na Cidade Baixa, compartilharam suas experiências e sentimentos entre as sessões de tratamento com uma professora e isso resultou em uma coletânea.

livroalunosh

O livro foi editado pela Escola Hospitalar e Domiciliar Irmã Dulce, sistema que atende estudantes da rede municipal regularmente matriculados e que, por conta de alguma enfermidade estejam impossibilitados de assistirem às aulas no dia a dia, e que não querem perder o ritmo de ensino, mesmo estando hospitalizados.

A iniciativa foi coordenada pela professora Zenaide Malaquias, da Escola Municipal Hospitalar, que foi a responsável por escutar casa história e realizou a edição do trabalho. Voltada a alunos da EJA, na faixa etária de 40 a 75 anos, a iniciativa acontece entre duas e três vezes por semana, quando as sessões de hemodiálise acontecem.

Segundo a professora, as pessoas nem sempre estão bem física e nem psicologicamente, devido ao procedimento médico. “Percebi que quando abro para eles me contarem sobre como estão se sentindo, sempre contam casos da vida deles, trazem comparações com coisas do passado. Foi ai que percebi que falar da própria vida os atraía para a aula”, disse a educadora.

A coletânea das histórias foi lançada na Mostra Pedagógica 2018, ocorrida no mês de outubro. De acordo com a coordenação da ação, o nome de cada aluno consta em uma página que abre a coletânea, mas nas histórias não há qualquer identificação para que eles não se sintam constrangidos, já que cada aluno irá receber, no final do ano letivo, um exemplar da publicação.

 

Fonte: Bahia Noticias