Aula inaugural do SEJA! Saberes da EJA é realizada em Camaçari

Educação

aulainaugseja8

A noite da última terça-feira (dia 09/05) foi especial para 105 moradores de Camaçari, com média de idade entre 18 e 30 anos. Eles integram a primeira turma de Ensino Médio Profissionalizante do SEJA! Saberes da EJA, que teve aula inaugural realizada no Teatro Alberto Martins, no centro da cidade. A iniciativa é patrocinada pela Braskem, em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). "Não estou nem acreditando que agora vou poder concluir o Ensino Médio. Tive de parar de estudar para cuidar de minha mãe, que teve problemas de saúde", explica Susana Caldas, de 40 anos, que terá a filha, Ingrid Caldas (19), como colega de turma. "Nós duas vamos incentivar uma a outra", garante Ingrid.

O Projeto SEJA! Saberes da EJA é uma oportunidade para jovens e adultos elevarem a escolaridade, utilizando as mais modernas práticas de educação, já que associa o ensino a distância à metodologia de reconhecimento de saberes. Esta metodologia identifica e reconhece os conhecimentos adquiridos ao longo da formação e experiência de vida do aluno, permitindo que ele concentre os esforços nos conteúdos que não foram sistematizados. O principal ganho é a redução do tempo de curso para conclusão. Além de concluir o Ensino Médio na modalidade a distância (EaD), eles também vão cursar, em paralelo, um dos três cursos de formação profissional: montador e reparador de microcomputadores, eletricista residencial e montador de construção a seco (drywall).

"Parei de estudar para ajudar no sustento de casa. Agora estou bastante esperançoso com essa nova oportunidade", ressalta Janailson Bispos Santana, de 24 anos, que vai retomar os estudos ao lado da companheira, Andressa da Hora Pereira (23). Os jovens são pais da pequena Maria Julia, de apenas dois meses. "Nunca tirei da minha meta de vida voltar a estudar e o fato das aulas do SEJA! serem a distância vai me ajudar a conciliar os estudos e os cuidados com minhas filhas", explica Andressa, que interrompeu os estudos aos 17 anos, quando ficou gravida pela primeira vez.

"O SEJA! tem como premissa aliar prática e teoria, possibilitar novos conhecimentos, trabalhar as possibilidades de profissionalização e empreendedorismo dos alunos. Esses já seriam motivos mais que especiais para ficarmos felizes e esperançosos com essa oportunidade que se abre para vocês", destacou Milton Pradines, gerente de Relações Institucionais da Braskem na Bahia e Alagoas, durante a aula inaugural.

Também presente no evento, o subsecretário Municipal de Educação, Márcio Vila Flor, ressaltou que "o nosso grande desafio no município era oportunizar o ensino profissionalizante e a Braskem, o SESI e SENAI estão de parabéns por essa iniciativa", afirmou. Ele aproveitou para lembrar que os estudantes do SEJA! representam uma parcela da população de Camaçari que não teve a oportunidade de estudar no tempo regular.

Além do aumento na escolaridade, a iniciativa também visa a capacitar pessoas e estimular o empreendedorismo, oferecendo os cursos de formação profissional. Dos 105 matriculados, 50 pessoas estão desempregadas ou em busca do primeiro emprego. Os demais atuam como autônomos, são empregados com e sem carteira assinada e donas de casa. "São 105 profissionais que eu já consigo enxergar", afirmou Patrícia Pereira, gerente de Educação Profissional do SENAI, lembrando que os principais agentes de transformação são os próprios alunos.

Segundo Cléssia Lobo, gerente de Educação e Cultura do SESI Bahia, "o SEJA! tem características inovadores que relacionam a educação, o trabalho e o empreendedorismo. Não tem como pensarmos em educação sem estar conectada com a realidade atual de uma vivência cada vez mais tecnológica", explica.

 

Fonte: Ascom