Professores de Camaçari paralisam atividades na próxima semana

Educação

aprofs

Os servidores do magistério da rede pública municipal de Camaçari irão paralisar as atividades por 48 horas na próxima segunda (16) e terça-feira (17), com indicativo de greve. Na manhã da quarta-feira (18) será realizada assembleia para definição dos rumos do movimento.

Os encaminhamentos foram aprovados durante plenária da categoria na tarde desta quinta-feira (12), na sede do Sispec.

Na oportunidade, o presidente do sindicato, Jorge Freitas, explanou os pontos debatidos durante a reunião da Mesa Permanente de Negociação (MPN), realizada na manhã desta quinta, quando o governo apresentou, mais uma vez, zero por cento de reajuste salarial. A não apresentação da proposta do reajuste levou à categoria as decisões pela paralisação e estado de greve.

Ainda no encontro, a administração municipal estabeleceu o pagamento dos retroativos de forma integral para todos os servidores em cinco parcelas, de agosto a dezembro. A proposta foi aprovada pelos professores e professoras.

Também ficou definido na reunião que o auxílio alimentação será discutido em próximo encontro da MPN, agendado para o dia 16 de agosto, e o auxílio transporte em reunião com a Superintendência do Trânsito e Transportes (STT), marcada para o dia 19 de julho. Além disso, foi acordado o pagamento da gratificação pelo exercício de docência em unidades escolares de zona rural a partir da folha do mês de agosto e extendida para todos os servidores das 14 escolas levantadas pela Secretaria de Educação (Seduc).

 

Fonte: Zero 71 Notícias

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar