Alunos do IFBA criam sistema que avisa chegada de ônibus para cegos

Educação

asitsmd

Visando trazer maior acessibilidade para a capital baiana, estudantes do Instituto Federal da Bahia (Ifba) desenvolveram dois sistemas para ajudar pessoas com deficiência visual a circular pela cidade com mais autonomia.

Um deles alerta os cegos, através de um aviso de voz, que o ônibus desejado se aproxima do ponto em que estão. Para isso, um transmissor instalado no ônibus emite um sinal de rádio para o receptor, que fica no pontos de ônibus.

Assim, os deficientes visuais não precisam se dirigir a outras pessoas para ter informações sobre os coletivos.

O outro projeto desenvolvido pelos alunos do Ifba, de acordo com o G1, também tem como objetivo dar informações aos cegos por meio de voz, para que possam saber onde estão e para onde ir.

O sistema, que custou menos de R$ 300 para ser produzido, é acionado pelo peso da pessoa, quando ela se colocar sobre uma placa de piso tátil que esteja com a tecnologia acoplada.

Se o local for mapeado, a tecnologia é capaz de informar o ponto exato onde a pessoa está e inficar a direção com mensagens de voz.

A tecnologia pode complementar a sinalização em locais que já têm pisos táteis, como as estações do metrô de Salvador, por exemplo.

“Você se sente com mais autonomia e mais segurança para onde você está se conduzindo”, destaca o professor João Prazeres, que é deficiente visual.

Com o projeto, os alunos ganharam seis prêmios no Brasil e uma menção honrosa nos Estados Unidos. A expectativa, agora, é que as tecnologias idealizadas cheguem ao mercado.

 

Fonte: Bahia.ba