Camaçari: estudantes protestam durante festa do padroeiro contra novo decreto do transporte universitário

Educação

protestouniversitariosNa tarde deste domingo, 07, estudantes do município de Camaçari, aproveitaram a presença de autoridades e da população nos festejos em homenagem a São Thomaz de Cantuária, para protestar contra o recente decreto da prefeitura sobre o transporte universitário.

Em entrevista ao site Ação Notícias, um dos membros do movimento, o estudante de Filosofia da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Luciano Alves, explicou que o decreto em questão retira os direitos adquiridos pela classe. “Nós não podemos prejudicar os estudantes de Camaçari, que necessitam do transporte para fazer uma licenciatura fora da cidade e vale lembrar que esse é um direito antigo que adquirimos e não podemos perder”, disse.

Na ocasião, o manifestante também criticou as novas regras determinas pela administração municipal para garantir o direito do transporte aos usuários; a exemplo da exigência de comprovação mínima de cinco anos de residência no município.

O decreto

O  decreto em questão, é o de nº 6821/2017, publicado no Diário Oficial do Município no último dia 22 de dezembro. Ele prevê que o Transporte Universitário só será realizado entre os meses de março a novembro.  Os estudantes por sua vez, alegam que as universidades possuem calendários diferenciados, além de possíveis eventualidades que podem ocorrer no decorrer do ano, a exemplo das greves das universidades públicas.

Os universitários pediram algumas mudanças no texto e o prefeito se comprometeu a estudar as ponderações, garantindo que ninguém será prejudicado. De início, reforçou o que já havia esclarecido há alguns dias, de que haverá transporte para quem estuda neste início do ano - entre janeiro e março, fora do calendário oficial -, uma das reivindicações dos estudantes.

Reunião

Na última quinta-feira, 04, durante uma reunião com o prefeito, os universitários pediram algumas mudanças no decreto e o gestor se comprometeu a estudar as ponderações, garantindo que ninguém será prejudicado. Elinaldo reforçou o que já havia dito anteriormente, de que haverá transporte para quem estuda neste início do ano - entre janeiro e março, fora do calendário oficial.

Uma nota publicada no site da prefeitura informa que nesta segunda-feira, 08, os ônibus vão circular normalmente. Serão 16 ônibus circulando nos três turnos na sede e orla, que visam aprimorar o serviço.