Escola Normal de Camaçari é entregue após requalificação

Educação

elinaldoescolan

Com a intenção de promover uma educação inclusiva, através da interação entre alunos, a Prefeitura de Camaçari, através da Secretária da Educação (Seduc), entregou na manhã desta quarta-feira (29/11) a Escola Normal de Camaçari, que passou por requalificação, e anunciou a integração da Associação Pestalozzi, que funcionava em um prédio alugado. 

A Escola Normal, que comporta 250 alunos de 7 a 11 anos, do 1º ao 5º ano, recebeu uma requalificação com pintura geral, revisão elétrica, hidráulica e de esquadrias, além de substituição de calhas e portas. Já a Associação Pestalozzi, que agora funciona em um pavilhão próprio, recebeu o equipamento com 8 salas requalificadas. 

A cerimônia de entrega contou com a participação da Fanfarra Estudantil de Camaçari (Fanesc) e belas apresentações musicais e culturais dos alunos da Escola Normal e da Pestalozzi. 

Para a gestora da Escola Normal, Arlete Lima, a integração com a Pestalozzi será um diferencial na educação dos alunos. “Nós já estávamos trabalhando com a inclusão na educação e a vinda da associação é uma experiência maravilhosa. Todos eles interagem muito bem durante o recreio”, contou. 

festaelinaldoescnorml

A Associação Pestalozzi funciona atualmente com 77 alunos, com idades que variam entre 11 e 55 anos, e sua presidente, Vanda Nunes, falou da recepção dos alunos e o desafio da iniciativa de funcionar junto com a Escola Normal. “Essa interação é mais uma oportunidade de realizar o trabalho de inclusão e está sendo muito bom, principalmente, pela aceitação dos alunos”, comentou. 

Emocionada, a secretária da Educação, Neurilene Martins, falou do trabalho de requalificação das unidades escolares. “É uma ação fundamental para garantir essa qualidade social da educação, transformando cada escola em um lar pedagógico”, explicou. 

O prefeito Elinaldo Araújo participou da cerimônia e falou da importância de um ambiente bem cuidado e da educação inclusiva. “Eu entendo a importância de uma escola bem cuidada e vamos lutar para que isso continue. A Escola Normal hoje tem um exemplo para o município por que inova trazendo na prática a educação inclusiva”, ressaltou.

Fonte: Ascom