forumosc13

Cerca de 500 pessoas participaram do Fórum de Desenvolvimento Sustentável para Organizações da Sociedade Civil (OSCs) de Camaçari. O evento aconteceu no auditório principal da Casa do Trabalho, na manhã desta sexta-feira (13), e celebrou o implemento e fortalecimento do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC) no município.

Para iniciar a programação e acolhimento do evento, foram realizados um café sertanejo e a exposição de obras de alguns artesãos da sede e orla. “Atendendo ao convite da Coordenação da Economia Solidária, viemos para divulgar nosso material e demonstrar um pouco da riqueza cultural que a cidade dispõe”, disse Guiomar Moncorvo, artesã de bonecas inteligentes.

Criado em 2014, o Marco Regulatório foi licenciado no município este ano, e de acordo o secretário do governo, José Gama, que na ocasião representou o prefeito Elinaldo, a novidade acolhe a grande demanda para estruturar e legalizar as OSCs da cidade. “Através do Decreto Lei no6875/2018, conseguimos adequar o governo na plataforma do MROSC, o que vai gerar um efeito qualificador imensurável para as OSCs de Camaçari”, revelou Gama.

Na ocasião, o público conferiu as inovações do programa, através da palestra de Nailton Cazumbá, que é membro do grupo de trabalho responsável pela elaboração do MROSC Bahia e coordenador da Comissão de Contabilidade Aplicada ao Terceiro Setor do Conselho Regional de Contabilidade (CRC-BA). “Esse evento foi fundamental na disseminação de informações sobre essa nova legislação, para que as associações passem a receber adequadamente os recursos públicos e ajudem o poder público a executar suas políticas”, afirmou Cazumbá.

forumorgsoc

“Exerço um trabalho de voluntariado há 10 anos, educando e capacitando crianças e jovens em situação de vulnerabilidade e participar desse momento traz fôlego para continuar batalhando pelo social”, assegurou Ismael Reis, que é diretor da Associação de Apoio Social Capoeira Inclusiva (GCI). Além dele, outros representantes também se encheram de esperança com o trabalho sério que realizam na cidade. “Entender que o MROSC vem para otimizar as necessidades que as OSCs têm, mostra a sensibilidade do governo de Camaçari pelas entidades sociais”, revelou Cleide de Souza, que é fundadora do Centro de Convivência do Idoso e da Família (CCIF).

Realizado pela Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedec) e Associação do Desenvolvimento Comunitário Sustentável, o Fórum atendeu mais de 300 organizações de diversos segmentos da sociedade civil organizada, além da participação ativa da Universidade Federal da Bahia e legislativo municipal. “Esse evento marca a forte responsabilidade do governo com a sociedade. O MROSC revela um novo tempo de progresso para as organizações sociais de Camaçari”, enfatizou o secretário Waldy Freitas.

No final, o idealizador do Fórum, Antônio Costa, apresentou uma “Carta da Esperança” ao prefeito Elinaldo, destacando a possibilidade de alcançar subsídios para consolidar a construção de políticas públicas, por meio da promoção de parcerias com as OSCs, em regime de mútua cooperação. “Trouxemos um elenco de reinvindicações necessárias para o estreitamento das relações entre a sociedade e o governo, a fim de facilitar a implementação dos recursos do MROSC no município”, acrescentou Antônio.

 

onte: Ascom

Mais Artigos...