Camaçari: Sedes realiza atividades em alusão ao Dia de Combate á Violência Sexual

Responsabilidade Social

facabonitosedes

Em alusão ao 18 de Maio, Dia Nacional de Combate á Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, a Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes), por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), realiza diversas ações dentro da campanha “Faça Bonito – Proteja nossas crianças e adolescentes”.

Visando reafirmar o compromisso com a causa, a Sedes, em parceria com a Plan International, realiza diversas atividades, como oficinas, ensaio aberto, audiência pública e reunião, em diversos espaços do município, nos dias 15, 23 e 28 de maio. A temática da iniciativa é “Situação da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes de Camaçari”. 

PROGRAMAÇÃO

Data: 15 de maio (terça-feira)

Horário: 14h

Local: Colégio Municipal José de Freitas Mascarenhas

Atividade: Ensaio aberto – Jovens Mobilizadores

Data: 23 de maio (quarta-feira)

Horário: das 8h30 às 13h

Local: Câmara de Vereadores

Atividade: Audiência Pública - Situação de Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes de Camaçari

Data: 28 de maio (segunda-feira)

Horário: 8h30 às 12h30

Local: CREAS

Atividade: Reunião Ampliada sobre a Lei de Escuta Especializada de Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência 

CAMPANHA

A data foi instituída no Brasil pela Lei 9.970 e escolhida nacionalmente em menção ao crime ocorrido em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória, no Espírito Santo. Araceli Cabrera Sanches era uma menina de oito anos quando foi raptada, drogada, violentada e, já morta, teve o corpo carbonizado por um grupo de jovens da classe média alta daquela cidade. Apesar da natureza hedionda, o crime prescreveu impune.

O objetivo da mobilização é manter viva a memória nacional, reafirmando a responsabilidade da sociedade brasileira em garantir os direitos de todas as crianças e adolescentes. São crimes, inclusive, que muitas vezes se repetem sistematicamente e cuja única solução é a constante vigilância e denúncia.

Esta data serve para nos lembrar de que, todos os dias, meninas e meninos sofrem violência sexual, seja através do abuso ou exploração sexual. Os crimes de violência sexual contra crianças e adolescentes acontecem em qualquer hora. Acima de tudo, estes crimes podem ser praticados por estranhos, familiares ou conhecidos.

 

Fonte: Ascom