Um estudo elaborado pela Escola de Medicina do Kansas, nos Estados Unidos, concluiu que o uso de cigarros eletrônicos mantém em alta os riscos de fumantes sofrerem ataques cardíacos. De acordo com o portal Viva Bem, do UOL, em comparação aos não fumantes, usuários dos e-cigarros têm risco 56% maior de sofrer um infarto. 

Assim como em anos anteriores, muitas pessoas contraíram a "famosa virose" durante o período carnavalesco. Diante disso, a equipe de reportagem conversou com o médico clínico, João Marcos Santos, para esclarecer algumas dúvidas sobre a doença,  assim como as principais formas de tratá-la.

Mais Artigos...