A fim de alertar a população para o tipo de câncer mais frequente no país, o de pele, especialistas fazem um alerta que pode ajudar a frear o aparecimento de novos casos e, ao mesmo tempo, na identificação precoce da doença, aumentando os percentuais de cura. Números do Inca reforçam a importância da prevenção do câncer de mama não-melanoma: a estimativa é o total de 165.580, sendo 85.170 homens e 80.410 mulheres (2018). No entanto, além de conhecer os sintomas, é crucial se prevenir e saber os fatores de risco, pois ambos salvam vidas.

Um estudo divulgado na segunda-feira (14) pode tirar ainda mais o sono de quem já dorme pouco. De acordo com os pesquisadores, quem dorme menos de seis horas por noite tem maior risco de aterosclerose - um acúmulo de placas nas artérias por todo o corpo - em comparação com aqueles que têm sono considerado normal, ou seja, de sete a oito horas por noite.

Lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada nesta sexta-feira, 11, no Diário Oficial da União, institui o Julho Amarelo para combate às hepatites virais. De acordo com o texto, a campanha deve ser realizada todos os anos, em todo o território nacional.

Mais Artigos...