Na pele: 10 cuidados com a pele para você adotar desde já

Moda e Beleza

acros

Antes de tudo: conheça a sua pele

Nada de comprar o produto pela embalagem. Antes de tudo, é importante entender qual é o tipo da sua pele: normal, seca, oleosa ou mista. A dúvida maior geralmente fica entre oleosa ou mista, mas para tirar a teima, a dermatologista Paula Chicralla dá uma dica boa: “No fim do dia, repare na oleosidade do seu rosto. Se ela estiver concentrada na zona T, região que compreende testa, nariz e queixo, a sua pele é mista. Porém, se toda a superfície estiver brilhando, ela é oleosa”. Ainda assim, diante da infinidade de produtos disponível no mercado, teste os produtos até encontrar aquele que melhor se adapta ao seu rosto.

Limpeza: escolha o sabonete ideal

“Use um sabonete adequado para sua pele. Se a sua é muito oleosa, é bom lançar mão daquele com propriedade adstringente ou esfoliante”, orienta a especialista. “A melhor frequência é lavar o rosto duas vezes ao dia, no máximo três. Lavar mais do que isso, pode alterar o balanço de pH da pele, causando um desequilíbrio”, explica.

Tônico: não é frescura

Sabe aquela sujeirinha que o sabonete não pegou? O tônico dá conta. Além de complementar a limpeza da pele, o produto pode ajudar a suprir necessidades específicas da sua pele, basta escolher aquele com a fórmula mais adequada ao seu rosto. “Existem tônicos hidratantes e calmantes, por exemplo. Indico aplicar sempre com algodão e após a lavagem, com o rosto já seco”, indica a especialista.

Hidratação: para todo tipo de pele

“Qualquer pele precisa de hidratação, até mesmo a oleosa”, alerta a dermatologista. Para as mais oleosas, no entanto, ela indica hidratantes com toque mais seco ou água termal. “Água termal é um excelente hidratante, refresca e repõe alguns minerais. Hoje existem algumas que já têm até antioxidante na formulação”, explica.

Filtro solar: tem que usar!

Nunca é demais reforçar a importância de aplicar protetor solar diariamente, certo? Além de desacelerar o envelhecimento, o hábito também previne o câncer de pele. Mesmo se você passa o dia em lugares fechados, dentro de casa ou no escritório, a proteção é importante. “Todas as fontes de luz envelhecem e causam manchas na pele”, alerta Paula, que recomenda, no mínimo, o fator 30. Para incorporar o filtro no ritual diário, aplique-o uniformemente no rosto depois de lavar, tonificar e hidratar. “Hoje temos filtros de qualquer tipo: com base, seco, hidratante, com vitaminas e até alguns que diminuem a oleosidade da pele.. Então, não tem desculpa nenhuma pra deixar de usar.”

No meio do dia: reaplique!

Tão importante quanto a aplicação do filtro solar antes de sair de casa é a sua reaplicação ao longo do dia. Para quem trabalha dentro do escritório, duas vezes ao dia é suficiente. Para quem passa bastante tempo na rua, o ideal é reaplicar a cada três horas. Não se esqueça também dos braços, pescoço, colo, dorso de mão e qualquer outra parte do corpo que fique exposta aos raios solares. É sério!

Maquiagem: tire antes de dormir

Sim, sabemos que tem dia que tudo o que você quer é chegar em casa e se jogar na cama, se bobear, de roupa e tudo! Mas não, dormir com a maquiagem no rosto é um veneno para a pele, pois os produtos obstruem os poros, o que aumenta a incidência de acne, o envelhecimento precoce, além de dificultar a absorção dos produtos que você usa para tratar a pele. Assim como você criou um ritual matinal de cuidados, o ideal é criar um ritual noturno também: utilizar um demaquilante, fazer a limpeza do rosto, tonificar e hidratar. Terminou? Agora pode ir prá cama!

Esfoliante: vá com calma

O esfoliante é um excelente método para cuidar da pele, mas tome cuidado para não exagerar no uso, pois isso pode causar até ferimentos. Segundo a dermatologista, duas vezes na semana é a frequência perfeita para eliminar células mortas e manter a pele viçosa: faça movimentos circulares no rosto, de preferência com água morna. Sem usar tanta força assim! Depois enxágue bem e seque delicadamente com uma toalha macia!

Tratamentos mais potentes: consulte seu dermatologista

Nem sempre os rituais diários dão conta daquelas manchinhas ou daquele problema específico da sua pele. Nesses casos, procure um dermatologista para avaliar e indicar o melhor tratamento para seu rosto. Bastante comum, o peeling, por exemplo, é um procedimento médico que só pode ser feito por um dermatologista. Aventurar-se nas mãos de profissionais não qualificados pode render queimaduras, manchas e até mesmo alergias na pele. Consulte sempre um especialista para tratamentos que vão além da higiene e dos cuidados básicos diários.

Antienvelhecimento natural: vida saudável

Creme nenhum é tão imbatível no quesito antienvelhecimento quanto hábitos saudáveis. “Boa alimentação, sono adequado e atividades físicas são essenciais para manter a pele jovem e viçosa. Ficar longe do estresse, apesar de difícil, também ajuda”, orienta a dermatologista. Ah, e não se esqueça de beber água: três litros por dia, em média, é a indicação da especialista.

 

Fonte: Salon line