Saiba quais são os alimentos que podem prolongar o bronzeamento na sua pele

Moda e Beleza

Gosta de ficar bronzeada (o)? O consumo de alguns alimentos pode te ajudar a prolongar o bronzeamento na pele. A presença da substância carotenoide, responsável por dá cor aos alimentos que vão dos amarelos aos vermelhos e verdes escuros, nos alimentos será o seu truque de beleza no verão. 

bronzeado

De acordo com a nutricionista Sabina Donadelli, os carotenoides estão relacionados à síntese de vitamina A, que nosso organismo não produz e só pode ser obtida através da alimentação e que está diretamente relacionada à saúde da pele, além de ser um potente antioxidante.

Existem mais de 700 tipos de carotenoides diferentes. Apenas 50 fazem parte da dieta humana sendo que apenas seis respondem por 95% do que ingerimos (b-caroteno; a-caroteno; Licopeno; Luteína; β-Criptoxantina e Zeaxantina).

Cenoura, melancia, pimentão vermelho e amarelo, tomate, mamão, manga, acerola, beterraba, couve, espinafre e agrião são exemplos de alimentos ricos em carotenoides.

"A manutenção do bronzeado está diretamente relacionada à qualidade dos melanócitos da pele, que se for saudável, é uniforme e sem manchas escurecidas. Vale ressaltar que a quantidade de melanócitos também determina o quanto a pele ficará bronzeada. Pessoas com menos melanócitos não conseguem atingir naturalmente um tom muito escuro", explicou Sabina Donadelli.

Como consumir

Quanto à ingestão diária, cada pessoa deve procurar introduzir os alimentos fontes de carotenoides seguindo a sua dieta habitual e fazendo as substituições dentro das recomendações do nutricionista. Mas eu arisco dizer que vale a pena ter pelo menos uma fonte de carotenoide em todas as refeições do dia, pelo menos na primavera e no verão. Como a lista de fontes é razoavelmente extensa, não é algo muito complicado.

Alimentos com carotenoide

caroteno: cenoura
caroteno: na manga, abóbora, cenoura
luteína: batata, cenoura, milho e gema de ovos;
criptoxantina: milho, páprica e mamão;
zeaxantina: gema de ovos, milho, espinafre e páprica ;
crocina: açafrão;
bixina: urucum;
capsantina: na pimenta vermelha;
capsorrubina: páprica;
violaxantina: amor perfeito
licopeno: tomate, beringela, cenoura, pimentas verdes, ameixa, mamão, pêssego e melancia.

 

 

Fonte: iBahia