Chegada do Verão faz crescer busca por Harmonização Facial

Moda e Beleza

A chegada do Verão sempre inspira as pessoas a cuidarem mais do corpo e da beleza. E o conceito de Harmonização Facial pela transformação de traços, a partir de procedimentos estéticos, tem conquistado os que buscam um processo de rejuvenescimento facial mais rápido e menos invasivo. Com esta técnica se melhora áreas que possuem envelhecimento visível, regiões com ausência de gordura que provocam fendas, como o bigode chinês, além de conseguir dar volume adequado ao queixo, face e lábios, entre outras ações.

ahorm

Segundo a cirurgiã plástica Cristina Menezes, regente do Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital São Rafael, "a harmonização surgiu da necessidade de se ter um olhar mais amplo para a face, e não se atuar isoladamente em áreas do rosto, como era feito anteriormente", explica. O belo, lembra a especialista, que também é diretora Médica da Clínica Cristina Menezes, nem sempre é simétrico, mas deve ser harmônico e proporcional.

"Não se busca um rosto perfeito, uma beleza petrificada, mas sim uma face harmoniosa, saudável, que transmita serenidade e beleza", ressalta a cirurgiã. Para se alcançar este resultado, utiliza-se uma série de procedimentos, como uso do botox e ácido hialurônico, para preenchimento. Também é recomendado a aplicação de fios de auto sustentação, que têm bom resultado com peles com pouca flacidez. "Este ácido é absorvido naturalmente pelo corpo e funciona bem por um período médio de um ano e meio", esclarece a cirurgiã plástica.

O estimulador de colágeno tem boa aceitação por provocar um rejuvenescimento na pele bastante natural. O ácido polilático é aplicado em três sessões e começa a dar resultado após uns oito meses da aplicação. Este é o tempo, afirma a médica, que o produto começa a estimular a produção natural do colágeno, sendo utilizado principalmente em pessoas com pele mais cansada e pessoas com rosto muito magro e depressões marcantes. De acordo com Cristina Menezes, a harmonização facial se adequar aos novos padrões da medicina estética e reparado, onde a autoestima elevada resulta numa boa saúde corporal e mental.

 

 

Fonte: Ascom