Sexta, 28 de Janeiro de 2022
31°

Muitas nuvens

Camaçari - BA

Cidades Camaçari

Seduc promove encontro de formação e planejamento para o PEV

A iniciativa, que teve início nesta quarta-feira (5/1), encerra nesta quinta-feira (6/1) e acontece das 8 às 17h, no auditório da Diretoria Pedagógica (DIPE)

06/01/2022 às 14h41
Por: Redação Fonte: Ascom PMC
Compartilhe:
Seduc promove encontro de formação e planejamento para o PEV

Com objetivo de viabilizar o planejamento das atividades pedagógicas e preparar os professores que irão atuar no Projeto Escola de Verão (PEV), a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), está promovendo um encontro formativo, que visa sensibilizar os educadores acerca das especificidades que o projeto demandará.

A iniciativa, que teve início nesta quarta-feira (5/1), encerra nesta quinta-feira (6/1) e acontece das 8 às 17h, no auditório da Diretoria Pedagógica (DIPE), localizada na Rua Francisco Drumond, Centro. Integram a formação 36 professores que atuam sob Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

O objetivo do PEV é ofertar oportunidade de recuperação e de recomposição de aprendizagens para estudantes do Ensino Fundamental I, tendo como mote a diversidade pedagógica dos processos de alfabetização.

Neurilene Martins, gestora da Seduc, destacou a importância do projeto para a recomposição de aprendizagens dos estudantes mais afetados pela pandemia. "A Escola de Verão é a realização de um sonho nosso. É uma resposta da SEDUC e da rede de ensino de Camaçari às restrições impostas pela pandemia à educação. Precisamos diminuir as desigualdades oferecendo novas oportunidades de aprendizagem para quem mais precisa. E já iniciamos o ano com essa novidade: 600 estudantes que concluíram o 3º ano em 2021 serão acolhidos ao longo de três semanas com foco na continuidade da alfabetização em uma abordagem integral e integrada. O prefeito Elinaldo Araújo está muito satisfeito com essa inovação pedagógica e considerou fundamental que investimentos sejam feitos para que tudo ocorra com qualidade: entrega do vale merenda, oferta de merenda na escola, transporte e oferta de material didático específico", detalhou.

Antecedendo à capacitação dos professores, na tarde desta terça-feira (4/1) aconteceu, o encontro mobilizador nas escolas polo da sede e costa do município. Esta etapa foi destinada aos pais ou responsáveis dos estudantes das séries iniciais que irão integrar o projeto.

À frente da mobilização para o PEV, a coordenadora de Currículos e Inovação Tecnológica da Seduc, Hosana Gonçalves, destacou a importância desse segundo momento rumo à concretização do projeto. "Estivemos com as famílias e agora iniciamos o trabalho junto aos professores que estarão à frente do PEV. Como é uma escola de verão, essas atividades precisam ganhar um tom lúdico, descontraído e com bastante movimento. Nosso desejo é que eles queiram todos os dias estar no projeto. Esse é nosso desafio: despertar nessas meninas e meninos o desejo de estar na escola durante as férias", reconheceu.

O professor Marcílio Santos expressou sua expectativa para o trabalho em três palavras: ensino, aprendizagem e entrosamento. "Que durante esse projeto, a gente tenha não só momentos de ensino e de aprendizagem, levando ao pé da letra essas duas palavras, mas que tenhamos momentos de diversão e entrosamento, e que façamos com que as crianças abracem o projeto, não tendo em vista que estão indo para escola para aprender, somente, mas para fazê-lo por meio da diversão", declarou.

A professora Rosângela Braga espera que o projeto atenda todo o alunado de uma forma significativa. "Desejo que o projeto preencha as lacunas existentes na nossa comunidade escolar", declarou. A educadora entende o projeto também como um momento de troca de experiência e de enriquecimento de currículo, enquanto profissional.

O PEV tem como foco ampliar as habilidades voltadas para as competências de leitura e escrita de 600 estudantes, por meio de atividades ludo pedagógicas. Constitui-se como oportunidade de recuperação e de recomposição de aprendizagens para esses estudantes, tendo como mote a diversidade pedagógica dos processos de alfabetização.

As aulas do projeto serão implementadas no período de 10 a 28 de janeiro, de segunda a quinta-feira. Semanalmente, às sextas, a equipe da Seduc reavalia e realinha o planejamento, de acordo com a resposta do corpo estudantil. Serão atividades voltadas para ludicidade, atendendo a dimensões cognitivas, sócioemocionais, culturais, ambientais, esportivas, desenvolvidas de modo 100% presencial, onde o aluno não receberá tarefa de casa.

O projeto contemplará estudantes que cursarão os 4º e 5º anos em 2022. Serão ofertadas turmas matutinas, das 8h às 12h, ou vespertinas, das 13h às 17h, com oferta de transporte e Vale Merenda para todos os participantes das 55 escolas que ofertam as séries iniciais, distribuídas entre sede e costa.